Nova colunista da Eduqa.me, Juliana Monteiro fala sobre os ODS e Sustentabilidade

Fonte: Sustentável Ser Humano

Quem Somos/Registros/Natureza e Sociedade
0 Comments

Nova colunista da Eduqa.me, Juliana Monteiro fala sobre os ODS e Sustentabilidade

A proposta do Blog #NaEScola é sempre trazer temas que estão em alta e que ajudam o professor na sua sala de aula.

Um dos assuntos que mais gera perguntas e discussões é sobre os ODS e o trabalho que  a UNESCO tem feito para divulgar cada uma delas. Para tornar essa tarefa mais tranquila e crítica convidamos a Juliana Monteiro; educadora e nutricionista, com atuação em Desenvolvimento Sustentável.

A Juliana Monteiro

A Juliana Monteiro já atuou em sala de aula como pedagoga e como nutricionista infantil em consultório. Após ter iniciado sua atuação em Desenvolvimento Sustentável, percebeu a importância de desenvolver a consciência sustentável e que, independentemente da nossa área de atuação, precisamos ter a visão do todo e agir em prol deste todo.

Para ela, essa é a base e o verdadeiro conceito de responsabilidade social.

Partindo desse pensamento, fundou a Sustentável é Ser Humano, que aborda o Desenvolvimento Sustentável como um todo mas, principalmente, do Ser Humano, partindo de premissas básicas como: ética, respeito, empatia, generosidade e amor.

Leia mais em Sustentável é Ser Humano.

Crie atividades sustentáveis na EDUQA.ME 

Na Eduqa.me você consegue fazer planos da rotina da semana, registro de atividades, perfil das crianças, relatórios e compartilhamento com a família.

Tudo em um único lugar!

Registre atividades na Eduqa.me - horizontal

 

Eduqa.me + Colégio OPET

Fonte: Eduqa.me

Quem Somos/Registros/Práticas inovadoras
0 Comments

Eduqa.me + Colégio OPET

Buscando um método que valorize mais o aprendizado no ritmo de cada estudante, o professor Azeitona foi visitar a Feira de Educação Bett Brasil 2017.

Foi conhecendo banca por banca que observou que ainda não tinha encontrado o que procurava. Cansado de tanto andar, decidiu sentar na praça de alimentação para descansar um pouco e foi aí, nesse intervalo, exatamente nesse momento que o Felipe estava na arena apresentando a Eduqa.me.

“Andei a feira inteira e só vi material educacional e sistemas de ensino. Vim pra entender mais sobre a aprendizagem e como posso auxiliar meus professores a entender o que é preciso fazer para garantir que cada vez mais estamos dando o conteúdo certo para a criança certa. “

A Coordenadora Santina, que também conheceu a Eduqa.me  na feira, ficou encantada com o fato de receber e enviar semanários em um único local!

“É sério que dá pra fazer isso? Nosso, só de pensar que não preciso mais fazer aquelas mil trocas de e-mail, anexos, recados, documentos no word e excel já sinto que as minhas reuniões serão muito mais pedagógicas”.

Foi com essa lembrança e com esse discurso que o professor Azeitona apresentou a Eduqa.me para os professores do Colégio OPET em Curitiba.

Ouvir o professor Azeitona falar assim e observar que em cada frase nascia a curiosidade nos rostos dos professores foi suficiente para perceber que tinha valido a a pena ter feito aquela viagem. Lentamente fui me lembrando do dia da Feira, da empolgação daquele encontro e sobre como as decisões foram tomadas com o Coordenação pedagógica e como tudo tem se desenrolado desde então.

A negociação

O professor Azeitona, responsável pela gestão da aprendizagem de todo o colégio, e a diretora Edna concluíram que a plataforma seria uma ótima aquisição, mas antes de fecharmos negócio era preciso conversar com a coordenação Pedagógica.

Na semana seguinte, apresentamos a plataforma via Skype à coordenadora Edna que, rapidamente, entendeu a proposta e achou bem pertinente.

“Adorei, quero a Eduqa.me agora na minha escola, mas faço uma gestão participativa, não posso levar nada para escola sem aprovar com a coordenação. Vamos agendar uma reunião com todos.”

Mais uma vez percebemos como a Escola tem mudado e como a opinião de todos os envolvidos no processo ensino-aprendizagem é importante.

Para qualquer startup isso poderia ser um empecilho, mas como fazemos algo de professor para professor já sabíamos a resposta. SIM!

O Treinamento

Preparamos uma treinamento especial para o dia da implantação e foi com a cabeça cheia de ideias que saímos de São Paulo com destino a Curitiba.

Verificamos a agenda, o espaço do treinamento, os professores que estariam presentes, os cadastros e a apresentação.

Nosso pensamento estava em aproveitar cada segundo com os professores e aprender sobre como podemos cada vez mais entregar uma Eduqa.me que faz sentido. Por isso, pedimos para que o treinamento fosse feito em um laboratório com internet wi-fi, pois queríamos muito que essa fosse uma verdadeira simulação do que o professor vai incorporar na sua rotina.

A agenda

A agenda foi amplamente discutida e co-criada. Queríamos um momento leve, gostoso e informativo.

Para nós, mais importante que aprender a usar a plataforma era perceber qual valor estamos entregando. Foi nesse sentido que criamos algo assim:

  • 13h00: Papo quebra gelo,
  • 14h00: Dinâmica pedagógica
  • 15h00: Intervalo
  • 16h00: Atividade mão na massa na plataforma Eduqa.me
  • 18h00: Papo reflexivo

Navegando nesses horários e na internet que desenrolamos aquela sexta cheia de aprendizado e ideias de melhoria para o nossa plataforma. Durante a atividade mão na massa cada professor tinha levado seu planejamento no papel e a atividade era bem simples:

Usar o planejamento offline e transformá-lo em online.  Foi inserindo atividade na Eduqa.me que pudemos proporcionar uma experiência na prática.

Os professores foram entendendo e achando utilizar uma plataforma digital que é fácil pesquisar e editar uma atividade. Que inserir as fotos, os vídeos e o textos era uma tarefa simples e economizava o tempo de produção dos portfólios.

Percebemos como estamos no caminho certo e com apresentar o conteúdo a todos os professores faz a diferença. Assim, em se falando em documentação pedagógica, não temos receio algum de dizer que somos especialistas. Estamos aqui para ajudar todos os professores a tirar dúvidas e realizar atividades para compreensão dos alunos.

Dessa forma, a criança pode aprender em seu próprio ritmo, com atenção mais individualizada do professor.

Gostou? Quer fazer um treinamento Eduqa.me na sua Escola também?

Clique aqui e teste grátis!

CLIQUE AQUI PARA TESTAR AGORA A PLATAFORMA EDUQA.ME 

 

Deborah Calácia para a Eduqa.me. Deborah é linguista e especialista em tecnologia e educação – Universidade de Brasília.

3 erros que você deve evitar no seu semanário by Professora Coruja
Quem Somos/Rotina pedagógica/Semanários
0 Comments

3 erros que você deve evitar no seu semanário by Professora Coruja

Afim de ajudar vários professores que sofrem da síndrome do semanário em branco fomos perguntas aos coordenadores pedagógicos de diversas Escolas:

O que você gostaria que todos os educadores fizessem nos semanários da sua escola?

Compilamos as respostas e criamos um post falando quais são as queixas mais comuns e como você, professor, deve evitar os 3 erros mais frequentes na hora de fazer seus semanários.

A professora Coruja leu o nosso post, gostou e fez um vídeo falando um pouco mais sobre esses três erros e como ela, enquanto professora, lida com eles.

Quem é a  Professora Coruja?

A Professora Coruja é uma professora que está em sala de aula e que sentiu a necessidade de criar um canal de comunicação voltado para professoras e pais.
A intenção é informar sobre vários temas relacionados a Escola. Lá no site ela experimentar diferentes materiais pedagógicos, dá dicas de brincadeiras e de conteúdos para usar em aula ou com os pais em casa.

Nesse vídeo ela fala sobre como a Eduqa.me tem ajudado na árdua tarefa dos semanários e como você pode se esquivar do erro na hora de fazer o seu semanário.

Olha só que legal:

https://www.youtube.com/watch?v=00ifSt7HhRg

Os semanários servem para que a escola esteja ciente do desenvolvimento das crianças e possa orientar melhor o trabalho do professor, para que ele atinja seus objetivos em sala de aula. Correções, discussões e intervenções por parte do coordenador devem ser feitas para beneficiar tanto o ensino quanto o relacionamento com a classe – portanto, eles não devem se tornar apenas mais um documento jogado na gaveta!

Veja abaixo o exemplo de como seu semanário pode ganhar ficar bonitão e organizado!

Experimente a Eduqa.me.
Eduqa.me Semanário

 

 

Bem Vindos ao #NaEscola

Logo

Quem Somos/Registros
0 Comments

Bem Vindos ao #NaEscola

A maioria dos professores de educação infantil, no Brasil, acompanha um único grupo de crianças todos os dias. De segunda a sexta, eles são responsáveis por incentivar o aprendizado, a imaginação e a formação de identidade de indivíduos – que podem ter apenas 2 ou 3 anos agora, mas cujo desenvolvimento irá afetar toda a vida adulta e em sociedade.

Desafio

Porém, convenhamos: despertar o interesse desse pequeno público, atrelando diversão e conhecimento, é um exercício de criatividade constante, que nem sempre recebe a valorização e o investimento devido. Mais da metade dos professores do país leva trabalho para casa, sem receber hora-atividade, apenas por entender a importância de um plano de aula bem preparado.

Nossa Missão

Para facilitar essa rotina, a Eduqa.me na Escola chega com a proposta de trazer atividades educativas e jogos infantis, sugestões de projetos de turma, excursões e todo tipo de ideia útil e divertida para turmas de maternal à pré-escola. Vamos além – cada sugestão acompanha uma breve explicação do objetivo da atividade, a faixa etária para qual ela é apropriada e as áreas de conhecimento estimuladas.

Siga nosso conteúdo através do blog, nas terças, quintas e sábados, ou por nossas redes sociais (ao lado). Assine nossa NewsLetter para receber um aviso sempre que material inédito for postado.

Eduqa.me

O #NaEscola faz parte da plataforma Eduqa.me, que se empenha diariamente para melhorar e agilizar a atividade pedagógica na educação infantil.

CLIQUE AQUI PARA TESTAR AGORA A PLATAFORMA EDUQA.ME 

Clique nas páginas relacionadas para conhecer todas as frentes do nosso trabalho e participe dessa transformação.

Até lá,

Marcela Lorenzoni