Advertisment

Em 2014, a maioria dos professores que realizaram a prova do Instituto de Avaliação Educativa cometeu erros na hora de escrever uma redação na língua portuguesa. Mais de 10 mil docentes fizeram o teste – dentre eles, 67% apresentaram erros de pontuação, 63% escorregaram na ortografia e 53% não souberam usar a sintaxe durante a produção de texto.

Claro, ninguém está imune a pequenos enganos – não importa a profissão. Mas, enquanto profissionais de qualquer área se beneficiam do uso do português correto (seja ao se expressar mais claramente ou porque causam boa impressão), o professor, mais que qualquer outro, precisa fugir de alguns deslizes. Além de servir como modelo para as crianças, ele ainda representa a escola em documentos, anotações e reuniões com os pais. Falar e escrever de forma errada podem aparentar descaso ou despreparo por parte do educador.

TESTE 21

E você, como se sai na língua portuguesa? Quais são as dúvidas que persistem sempre que começa a escrever um relatório? Com uma cópia do Infográfico: 10 erros de português que um professor não pode cometer em mãos ou colada na parede da sala dos professores, será fácil prevenir esses pequenos acidentes. Confira:

  • Quando usar a crase;
  • Como acertar a vírgula;
  • A diferença entre as terminações “ão” e “am”;
  • Quando usar “mas” ou “mais”;
  • E muito mais!

Para fazer o download do infográfico, clique aqui. Ele é gratuito e pode ser acessado sempre que quiser!

Advertisment
INFOGRÁFICO: 10 erros de português que um professor não pode cometer
Classificado como:                        

Comentários no Facebook