7 Estratégias para promover a aproximação da Família com a Escola

parent-teacher-meeting
Fonte: Google

No post A participação das famílias nas festas escolares, podemos refletir sobre a importância da presença dos pais dentro do ambiente escolar e como essa presença pode ser favorável para a Escola e para Família.

Nesse contexto, cria-se a expectativa e a pergunta do como.

Como fazer isso?

E, por esse motivo, tracei algumas estratégias que podem ajudar a escola a promover a cooperação junto as famílias e trazê-las literalmente para dentro da Escola. Seja pelas festas,  eventos, reuniões ou até mesmo para um bate papo.

1 – Comunicar
Compartilhar com os pais, detalhadamente, os objetivos dos projetos e das festas da escola. Às vezes, pela maneira que se expõe as ideias, não fica claro para os pais a importância e a representação que determinados projetos tem para a escola e para a criança.

2 – Fazer juntos

Pensar em trabalhos que envolva a colaboração mútua dos pais e dos filhos. Os painéis para decoração das festas, geralmente, não são produzidos em sua totalidade pelas crianças. Sabemos que os professores passam muitas horas extras, nestas épocas de festas trabalhando para enfeitar a escola. Talvez isto poderia ser partilhado com os pais, numa tarefa para casa junto das crianças; ou mesmo, a escola poderia abrir as suas portas para que os pais lá dentro, também pudessem colaborar em atividades deste tipo.

3 – Planejar

Marque as festas e os eventos, se possível, com bastante antecedência, para não existir a desculpa de que foi muito em cima da hora o convite. Nos meses de junho e dezembro, por exemplo, são os meses em que as pessoas mais têm compromissos, por isso, se programar para algo que é importante para criança é extremamente necessário e até mais eficaz, pensando na aderência que queremos ter em nossos eventos.

4 – Lembrar

Relembre os pais das datas importantes sempre. As pessoas de modo geral são esquecidas, e não há nada de ruim em ter um lembrete daquilo que é relevante. Além disso, faça propaganda para atrai-los e deixá-los mais curiosos e instigados a participarem.

Fonte: CEI Hulda Cardoso
Fonte: CEI Hulda Cardoso

5 – Valorizar

Faça-os sentirem-se importantes e necessários para determinadas festas. Pense em partilhar as responsabilidades, para que os pais não sejam apenas visitantes, mas sim, pessoas que construíram e apoiaram para que aquele evento acontecesse, valorizando-o ainda mais. Descubra o que cada família sabe fazer de melhor e convide-as a exercitarem os seus dons e habilidades; os pais gostam disso. Organize horários flexíveis e distintas possibilidades de participação. Não importa a quantidade de horas dispensadas, mas sim, que os pais estiveram disponíveis, que seja 30 minutos na hora da entrada ou saída da escola.

6 – Diversificar

Nunca desrespeite a diversidade cultural e religiosa das famílias. Mesmo quando a escola tem os seus princípios já definidos, seja sempre muito acolhedora, isso faz com as pessoas sintam-se bem, felizes e tranquilas naquele espaço. Além disso, indiretamente se ensina e se pratica a importância de sermos tolerantes e respeitosos uns com os outros.

7 – Apresentar

As festas podem ser uma maneira de contextualizar os conteúdos aprendidos. Aproveite estes momentos para expor os trabalhos das crianças e que elas possam explicar o porquê fizeram, como fizeram e seja contemplada neste grande dia.

As relações entre os pais e a escola são sempre muito complexas e singulares, pois cada família é única e especial. Estas relações merecem ser cultivadas com bastante carinho, dedicação e investimento de todas as melhores intenções, já que este alicerce família e escola é o que proporcionará o sucesso das crianças no contexto educacional e para a vida.

Quero aqui dar uma dica extra! 

Sabemos que nem toda família está interessada em ficar atualizada sobre o que acontece com as crianças na escola, mas será que isso é puramente falta de interesse? Para sair da dúvida… é melhor fazer a nossa parte não é mesmo? Aqui vou indicar uma forma de manter as famílias atualizadas sem ter muito trabalho!

Na plataforma Eduqa.me, você pode compartilhar o que achar necessário com a família em poucos cliques, basta convidar os responsáveis para ter acesso a Eduqa.me, como mostramos na imagem abaixo inserindo os dados do familiar de cada criança. Depois disso, o responsável receberá um e-mail com usuário e senha para acessar somente o que o professor compartilhar com ele:

Convidando a família na Eduqa.me
Convidando a família na Eduqa.me

Na hora de compartilhar é ainda mais simples!! Basta o professor escolher qual registro quer compartilhar com a família e o melhor é que ele pode fazer isso na mesma hora que faz o registro! Imagine só, tirar uma foto de uma roda de leitura e imediatamente já compartilhar com a família?

Compartilhando com a família na Eduqa.me
Compartilhando com a família na Eduqa.me

Bem simples não é? Teste a Eduqa.me! Me diga o que acha 🙂 Clique aqui para ver como funciona essa plataforma que está ajudando tantos professores, não custa nada testar! Nada mesmo! É grátis por 30 dias!

 


Texto: Luciana Fernandes Duque para a Eduqa.me. Luciana é doutoranda em Educação Especial – Faculdade de Motricidade Humana pela Universidade de Lisboa – Portugal, Mestre em Educação – Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Psicopedagoga Clínica e Pedagoga com vasta experiência Educação Inclusiva. É autora de dois livros, um sobre inclusão escolar e outro sobre relação professor aluno.

Comentários no Facebook